terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Quadra Natalícia


Olá a todos!!


O meu blog anda muito quietinho, pois é...


Este é o momento em que normalmente faço uma resenha reflexiva do ano que decorre.


É bom constatar que apesar de tudo a vida vai correndo e me vai dando a possibilidade de fazer parte dela... apesar de algumas limitações e receios...


Apenas há algo que me entristece e que tem inúmeros nomes mas vou chamar de "faz de conta"... então a pergunta fica:


Porque é que nesta quadra as pessoas se esforçam tanto por mostrar-se diferentes?? Disfarçar o que realmente são...


É só olhar à nossa volta!! Porque é Natal tudo fica diferente... tanto carinho, tanta atenção, tanta solidariedade...


Claro que devemos mudar, para melhor, mas nota-se quando a mudança é temporária e para parecer bem!! Isto é o que me dói...


O verdadeiro espírito do Natal é autenticidade, simplicidade e solidariedade, todos os dias do ano.


Gosto do Natal pelo que representa na sua essência e não serei diferente nesta quadra. Gosto de acordar com a certeza de que sou sempre EU todos os dias da minha vida. Com erros e virtudes, faz parte, mas jamais perco a minha identidade!!


Beijinhos para cada um de vós, sejam autênticos e tenham muito Boas Festas.




segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Outubro Rosa






Este mês, como em todos os outros, há que prevenir,
estar atento aos sinais ...

e jamais desistir de lutar!!

Beijinho
Ana

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Carpe Diem


Nem a tristeza nem a desilusão
Nem a incerteza nem a solidão
Nada me impedirá de sorrir!

Nem o medo nem a depressão
Por mais que sofra o meu coração
Nada me impedirá de sonhar!

Nem o desespero nem a descrença
Muito menos o ódio ou alguma ofensa
Nada me impedirá de viver!

No meio das trevas, entre os espinhos
Nas tempestades e nos descaminhos
Nada me impedirá de crer em Deus!

Mesmo errando e aprendendo
Tudo me será favorável,
Para que eu possa sempre evoluir
Preservar, servir, cantar
Agradecer, perdoar, recomeçar...

Quero viver o dia de hoje
Como se fosse o primeiro
Como se fosse o último
Como se fosse o único!

Quero viver o momento de agora
Como se ainda fosse cedo
Como se nunca fosse tarde.

Quero manter o optimismo,
Conservar o equilíbrio,
Fortalecer a minha esperança,
Recompor as minhas energias,
Para prosperar na minha missão
E viver alegre todos os dias!

Quero caminhar na certeza de chegar,
Quero lutar na certeza de vencer,
Quero buscar na certeza de alcançar,
Quero saber esperar,
Para poder realizar os ideais do meu ser.

Enfim,
Quero dar o máximo de mim
Para viver intensamente e maravilhosamente
Todos os dias da minha vida!!

(autor desconhecido)

Seria muito bom conseguir atingir este objectivo!!

Beijinho
Ana

quarta-feira, 23 de junho de 2010



S. João

Na noite de S. João
vou comprar um apito
rebentar um balão
e cheirar um manjerico

Feliz S. João para todos
divirtam-se que a vida são dois dias
e este já vai na conta...

Beijinhos

Ana

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Abraços / Hugs




a hug

No moving parts, no batteries.
No monthly payments and no fees;
Inflation proof, non-taxable,
In fact, it's quite relaxable;
It can't be be stolen, won't pollute,
One size fits all, do not dilute.
It uses little energy,
But yields results enormously,
Relieves your tension and your stress,
Invigorates your happiness;
Combats depression, makes you beam,
And elevates your self esteem!
Your circulation it corrects
Without unpleasant side effects
It is, I think, the perfect drug:
May I prescribe, my friend,....the hug!
(and of course fully returnable!)
~author unknown~



Para ti
um abraço

quinta-feira, 13 de maio de 2010

A vida tem cores




A vida tem cores


que por vezes não percebemos ,
tem sons que nem sempre ouvimos,
tem sabores que não provamos,
armadilhas que nós mesmos armamos,
e caminhos, muitos caminhos,
que ainda não percorremos.

Falta-nos tempo para apreciar os detalhes.
Assim, deixamos o tempo, precioso tempo,
escorrer pelos dedos da mão.

Filhos que crescem e não percebemos,
amores que vão se desfazendo,
caindo na rotina massacrante,
e não percebemos.


Envelhecemos e abandonamos nossos sonhos,
passamos pela vida e reclamamos,
um ano começa e quando vemos,
já acabou sem ao menos termos vivido.


Nossas orações são ladainhas repetidas,
expressões vazias da nossa desilusão,
Deus no trono distante,
nós na Terra errante…


Não há mais tempo para a vida,
apenas para os compromissos inadiáveis da nossa agonia,
somos empurrados pelo consumismo,
somos esmagados pelas dívidas, pelo preço de viver.


Na luta diária da sobrevivência não há tempo:
para poesia, flores, sentar no chão,
andar descalço, comer com a mão,
namorar na praça, andar sem direção
ter com Deus uma comunhão…


Estamos fugindo do encontro crucial
entre nós e os nossos sonhos,
entre o que queremos e o que não temos,
entre o que imaginamos e o que é.


E fica no ar a pergunta:
para onde vamos?


Que você vá rumo a felicidade,


Paulo Roberto Gaefke



Gostei...por isso repasso


Beijinho


Ana

domingo, 9 de maio de 2010

sexta-feira, 2 de abril de 2010

terça-feira, 9 de março de 2010

Mensagem



(Este texto deveria ter sido publicado ontem. Recebi-o por e-mail e aguardei autorização para partilhar no meu blog, com todos mas especialmente pelas mulheres que como eu travam a luta desigual. Estão todas no meu coração!!)




MULHERES ANÓNIMAS


Entre tantas homenagens à mulher

não esqueçamos jamais,

daquelas que são guerreiras

e não contam com ninguém!

Mulheres que se doam inteiras,

e não sabem se amar...


São mulheres anónimas

daqui e de outras fronteiras,

que existem aos milhares

e merecem todas as glórias e altares,

pelas batalhas diárias que travam,

sem derramarem uma só lágrima.


Mulheres que merecem, não um só dia,

mas em todas as horas de cada dia,

milhões de aplausos e louvores!

Mulheres de todas as raças e cores

que lutam com incansável garra,

sempre conjugando o verbo amar

e têm coragem de sobra para ensinar!



Mais poesias da autora
Formatação: Tere Penhabe

Beijinho
Ana

segunda-feira, 8 de março de 2010

PARABÉNS MULHER!


FELIZ DIA DA MULHER
(se bem que todos os dias são nossos)

Temos a delicadeza das flores
a força de ser mãe
o carinho de ser esposa
reciprocidade de ser amiga
a paixão de ser amante
e o amor por ser mulher

recebi este carinho hoje e
quero partilhar convosco

beijinho
Ana

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Oi! Passando...


E um dia você aprende, a subtil diferença,
entre dar a mão e acorrentar a alma.
E você aprende, que amar não significa apoiar-se
e que companhia nem sempre significa segurança
e começa a aprender que beijos não são contratos
e presentes não são promessas...
(Shakespeare)

Beijinho
Ana

"pedindo desculpa pela ausência...e...desejando o melhor a todos os amigos"